Anjo da Escuridão – livro de Tilly Bagshawe



Autor: Tilly Bagshawe
Editora: Record
Compre no Submarino Anjo da EscuridãoEnigmático, “Anjo da Escuridão” é um livro escrito pelo autora inglesa Tilly Bagshawe, e conta também com o famoso escritor Sidney Sheldon em sua autoria, já que a inglesa começou a escrever livros baseados em obras de Sheldon a pedido da família do mesmo após sua morte em 2007, e por isso gosta de colocar o nome do autor nos livros em que ela escreve inspirada nele. Quando a policia de Los Angeles vai atender a uma chamada de violência domestica em uma das mansões de Beverly Hills, uma cena horrível choca os policiais. Andrew Jakes, o multimilionário negociador de arte e dono da casa é encontrado morto, nu e repleto de facadas, além de estar amarrado a sua jovem esposa Angela, que fora brutalmente espancada, mas ainda vive. Acompanhando o caso de perto, o detetive Danny McGuire se encanta com Angela e passa a tentar solucionar o caso de todo o jeito, mas depois da viúva doar toda a sua fortuna para a caridade e desaparecer, o caso fica frio para o desespero do detetive. Dez anos depois, Danny se casou e agora vive na França, onde trabalha para a Interpol e tem uma vida até que tranquila, mas quando um homem chamado Matt Daley se apresenta à Danny como sendo o filho de Andrew Jakes e lhe diz que encontrou diversos casos em que homens ricos eram mortos e suas esposas doavam a fortuna e desapareciam, Matt e Danny partem pelo mundo em busca de mais pistas para solucionar o caso. Uma ótima obra de mistério e suspense, “Anjo da Escuridão”, da escritora inglesa Tilly Bagshawe é um livro muito bom. Recomendado para quem é fã tanto de Sidney Sheldon quanto de um bom livro de suspense.
Livros

27 comentários para “Anjo da Escuridão – livro de Tilly Bagshawe”

  1. mercedes simoes de andrade camargo says:

    gostaria de alguem que leu este livro que falasse alguma coisa sobre o final.Porque o guarda da prisao tinha que morrer? F icou uma pergunta no ar foi a Lisa Daley que o matou?

    • Simão Ramos says:

      eu tambem estou martelando isso na cabeça . . . será que dpois daquilo tudo “Lisa” ainda cometeu o ultimo assassinato citado no livro ? !

    • Yuri A. says:

      foi a lisa q matou o guarda demonstrando q ela ainda sente desejo de matar…. terminei de ler o livro hj e foi bom demais…. recomendo mt , bjs

      • Amanda says:

        Ninguém reparou na história que ela contou? Ela disse que ele ajudou ela a fugir e deu dinheiro pra ela ir pro Brasil. Na verdade, ela provavelmente seduziu ele (como com todos os outros), ele ajudou ela e alugou aquela casa pra eles ficarem juntos, pois estava apaixonado. Daí ela matou ele, fez mais cirurgias e voltou pra ficar com o Matt, pois, creio eu, ela estava apaixonada mesmo por ele. Acredito que seja isso pois o corpo do Carlos estava lá morto há mais de 2 meses, segundo o policial…

  2. Andressa Miranda says:

    Acabei de ler o livro. É surpreendente!! Cria toda uma imagem de vítima, de inocência sobre a personagem Sofia/Lisa, uma mulher vulnerável e incapaz psicologicamente, para surpreender e revelar a verdade no final. Nos últimos trechos, o(s) autor(es) coloca(m) em dúvida a ingenuidade e inocência da Sofia. Para mim, qdo o enfermeiro começou a demonstrar um sentimento por Sofia, imaginei que seria interessante se a história tivesse uma reviravolta. Imaginei que Sofia poderia não ser tão inocente assim, mto pelo contrário, acabar sendo a mentora de todos os crimes e que teria agora um novo comparsa (o enfermeiro). Qdo ela se reaproximou de Matt, e fez com que ele se separasse da sua família, acabou o transformando num alvo como antes. A diferença é que ele não estava rico, uma vez que deixou o dinheiro com a ex e filho. Mas Sofia e o antigo parceiro não estavam interessados no dinheiro, e sim na “causa” (punir os que abandonaram a família). Assim, acredito que Matt será a próxima vítima. Pena que não vamos saber. rs, Adorei o livro!

  3. Lidiane says:

    fiz o pedido do livro e pelos comentarios estou cada vez mais ansiosa para ler…

  4. Yara Lima says:

    amei o livro mas ficou uma duvida foi mesmo o guarda que morreu??? pela logica eu estava esperando que Matt morresse ja que ele abandonou a familia pra viver com ela.
    Fica para a interpretaçao individual.

  5. Jorge says:

    Foi sim o enfermeiro q morreu, mas quando os policiais encontraram o corpo dele, o mesmo já estava em estado de decomposiçao(como disse no livro), ou seja, havia muitos dias q ele morrera. Acho q Lisa poderia ter matado o enfermeiro logo após ele ajuda-la com a fuga. Talvez para nao deixar testemunhas de sua fulga, ou talvez por que ela realmente seja o “ANJO DA MORTE” e seu proximo alvo seria Matt. Infelizmente isso sao apenas suposiçoes sobre o que possa ter acontecido. E creio q quando a autora colocou este surpreendente final nesta estória queria provocar esta dúvida nos leitores. Talvez nem a propria autora saiba o que realmente aconteceu com o enfermeiro.

  6. Flávio says:

    Li este livro, e toda a história é maravilhosa. Acaba nos envolvendo do começo ao final. Ao lermos o livro, podemos ver que Mancini, é considerado o manipulador, arrogante, e até foi o culpado da trama. E podemos ver que Lisa, foi pintada como um anjo. E logo poderíamos ver, que ele não poderia ser o anjo da escuridão. Lisa, sempre considerada a vítima e Mancini, o monstro. E a morte de Carlos Hernandez, nos deixou claro quem realmente estava cometendo os assassinatos. Ao analisarmos, podemos ver que a morte de Carlos, nos mostrou realmente quem era a verdadeira Lisa. Esse é o meu ponto de vista do livro, mas a interpretação vai de cada um! Não sabemos o real motivo, da morte de Carlos, mas temos supostas hipóteses.

  7. Lisandra Sousa says:

    Na minha opinião, se Sofia cometeu os assassinatos foi pela manipulação que Mancini colocou nela. Ela matou o enfermeiro pq ele era o único kii sabia kii ela estava viva. Mas acho kii ela não vai mata Matt porque ela engravidou dele (diferente dos outros casos e tbm se ela matasse ele seu proprio filho ia ficar orfão) e tbm ele já deixou a fortuna dele pra ex-esposa. Não a considero vilã. Prefiro pensar assim…

  8. sarah martins says:

    amei o livro mas o final deu um nó na minha cabeça.
    penso q lisa matou o enfermeiro prq era o unico q sabia da sua fuga e que estava viva.
    çn duvido do amor por mat daley creio q para ele ela ñ fará mal algum.

  9. Beatriz. says:

    No começo achei que o fato de Lisa se casar com Matt fosse apenas um lindo final feliz, mas após o epilogo quando o Carlos Hernandes aparece morto para mim fica claro que agora que Matt está rico e envelhecedo, Lisa voltou para cometer seu sexto assassinato. Pelo menos foi o que pareceu pra mim. Alguem tem alguma outra hipotese? ainda to confusserrima com o final.

    • Lucas says:

      Nossa, estou cheio de dúvidas também quanto a exatidão sobre o final do livro (epílogo), mas essa tua idéia foi a mais coerente pra mim até agora. Não cheguei a pensar nessa hipótese de que o Matt também estava rico e envelhecendo, abandonando sua família (Cassie e o filho), agora pensei que ela poderia estar testando ele pra ver se ele de fato abandonaria a família por causa dela, motivo para ela cometer o próximo assassinato (Matt Daley). Então ela matou o Hernandes porque era o único que podia entregá-la (pois ela sabia que continuaria cometendo esses assassinatos), e que era ela a verdadeira pivô de todo os casos Azrael. Quanto a dúvida sobre o final vou ficar com essa alternativa, valeu pela sua clareza.

  10. Jessica says:

    Acabei de ler e estou complemente confusa. Apos ler varios comentarios acredito numa hipotese (eh soh o que nos resta, especulacoes apos um final misterioso como esse) completamente diferente de todas que li ate agora: acho que Lisa passou a ter o enfermeiro Carlos como seu novo comparca e cumplice sendo seduzido e e enfeiticado por ela e sua vitima na verdade foi Matt Daley que ela fez abandonar a familia e filhos. Eles trocaram o nome dele para Carlos que ja era suspeito de ter ajudado ela a fugir e foram viver como Lisa e Matt Dalley.

  11. Maya says:

    “Matt nao deixaria sua família. Por isso Lisa o amava”. Mas ele deixou. Ela já não o ama. A barriga de grávida dela nem esta aparecendo. Ela nao esta gravida. E sua “áurea” deixa claro quem é a manipuladora da historia. Não que Mancini seja inocente

  12. herbenia says:

    Sinceramente achei o livro previsível, não vi todo o encantamento q vcs. E o comentário da maya, na minha opinião, eh o mais correto. Mas sinceramente esperava mais.

  13. sufilex says:

    Concordo com a Herbenia, acho o livro previsível…somente o final que é diferente.

  14. damaris says:

    Bem na minha opinião Sofia sabia muito bem o que fazia tanto que no final ela comete o quinto assassinato e vai para Marrocos que ela dizia que era fantasia acho que ela estava premeditando um sexto assassinato ja que seu alvo era os maridos que abandonavam suas familias.

  15. Gabriela says:

    Gostei muito do livro e claro, fui curiar os comentários..
    Nossa eu estou muito confusa, será mesmo que Sofia vai matar o Matt? Será que vai ter continuação assim como o O Sol da Meia Noite? Help, please!!

  16. lara says:

    Sofia era sim influenciada por Mancini e criava sim suas realidades como o caso de sua irma,e mancini realmente tinha sua causa contra homens velhos e ricos , só que quem sentia prazer em matar era ela, enquanto ele sentia prazer com relacoes violentas, eram cumplices, tanto que ao matar o indiano, Mancini entrega a arma a ela e no julgamento se volta contra ela acusando-a dos crimes, no final do livro ai podemos ver que ela realmente tem prazer em matar com carlos, ooooooooooooou ela eh realmente “inocente” e matou carlos so para “queima de arquivo”

  17. lara says:

    e o verdade era mancini ja que msm no julgamento ele se mostra indireferente e sacastico

  18. cleo says:

    Gente que final foi esse? Estou quase concordando com o comentário que diz que o corpo encontrado é de Matt, já que Sofia comentou que o que ela mais amava nele era o fato dele não abandonar a família. Pelo jeito a manipuladora era ela. Ela gosta de matar.

  19. Quezia says:

    Ela só queria ser feliz, nem que tivesse que matar para que isso acontecesse,e foi o caso de Carlos, ela matou ele para que nada atrapalhasse sua felicidade ao lado de Matt pois sabia que Carlos estava tão louco por ela como todos os outros e poderia atrapalhar seus planos.E em relação a família que Matt agora abandonara

  20. Quezia says:

    …devemos lembra que o traumatizado era Mancini, e Lisa era esquizofrênica(Pg355 o dr explica), Sendo assim Lisa em algum momento poderia sim matar Matt justificando sua ação pelo fato de ele ter abandonado sua família.
    O resumo de sua personalidade e que mesmo sendo doente ela sempre conseguia tudo o que queria com o simples poder de seduzir manipular.

  21. Amanda says:

    O corpo de carlos hernandez não era de matt. Até porque no final, há uma reflexão de matt dizendo q, pelo menos, deixou sua esposa com todo o dinheiro (então como hernandez iria refletir no lugar de matt? nao vejo sentido).

    Acho que Sofia seduziu hernandez ao perceber a fraqueza do enfermeiro por ela, e o usou só pra ele ajudá-la a sair da prisão. Então ela mata hernandez como uma “queima de arquivo”, o que deixa claro que ela era sim uma assassina. Mancini realmente a controlava, mas ela não era tão vítima como aparentava. Enfim, acho que Matt não seria uma próxima vítima, pois Sofia o amava. Então no fim das contas, acredito que ela nunca deixou seu instinto assassino, mas o assassinato de hernandez foi o último ato do anjo da morte. Agora sofia buscava uma vida tranquila com o único homem q ela sabia tê-la amado de verdade.

    Outra hipótese seria a teoria de que ela nunca deixou de ser doente mental, e a paixão por Matt era só mais um sentimento de uma “personagem”. E essa “personagem” ainda poderia querer matar homens q abandonam a família. Logo, a proxima vítima seria matt. Ainda assim, só uma das possíveis teorias, não acho provável.

    Acho mais fácil ela se utilizar da sua beleza e da “hipnose” q matt tinha por ela para manipulá-lo e fazer ele ser seu novo parceiro nos crimes. [então nesse caso, Mancini seria, além de assassino, também uma vítima do anjo da morte]

  22. Carlos says:

    Tem uma frase na página 395 que relata o pensamento de Lisa: “Matt. Matt, que ficou ao seu lado quando mais ninguém ficou. Matt, que sabia de tudo sobre ela.. Bem, quase tudo… Mas ainda a amava”.

    Eu acho que esse “quase tudo” foi o fato de ela assassinar Carlos, o que Matt jamais virá a saber. Pois eliminar Carlos para ela era uma queima de arquivo pois só ele sabia que Lisa ainda estava viva.