O Pequeno Príncipe – livro de Antoine de Saint-Exupéry



Autor: Antoine de Saint-Exupéry
Editora: Agir
Compre no Submarino

O Pequeno PríncipeO livro "O Pequeno Príncipe", publicado pela editora Agir, foi escrito e ilustrado originalmente pelo aviador francês Antoine de Saint-Exupéry em 1943. Exilado da II Guerra Mundial nos Estados Unidos, o autor só pode lançar sua obra no seu país de origem dois anos depois. Esse fantástico livro é uma fábula, aparentemente infantil, sobre amizade, solidariedade e desapego, nos oferece conforto e paz.

O livro escrito em tempos de guerra conta a história de um pequeno príncipe que estava viajando pelo espaço em busca de um entendimento para os sofrimentos da vida. A narrativa começa com um pequeno avião sofrendo uma pane e caindo no deserto, deixando seu piloto isolado do mundo. Depois da primeira noite, o piloto é acordado pelo tal menino que lhe pede para desenhar um carneiro. É nesse ponto que começa a discussão de questões de coisas simples da vida, o garoto relata suas fantasias e sonhos por um mundo melhor e com a pureza e ingenuidade que é peculiar da idade, não consegue entender o porque de tanto sentimento negativo.

O pequeno príncipe relata ao piloto que chegou ali depois de visitar seis planetas, conhecer criaturas estranhas, egoístas e solitárias e que mesmo estando um pouco mais experiente, ainda está cheio de dúvidas. Conta ainda o porque de ter saído de seu planeta natal: se desiludiu com sua flor por considerar as suas atitudes “bobas e exigentes”, tirando assim a tranquilidade do seu pequeno mundo.

Ao final do livro de Antoine de Saint-Exupéry, o menino de cabelos dourados escuta de uma sabia raposa que diz “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas” e decide voltar ao seu planeta entendendo que sua flor, mesmo sendo igual as outras, precisa da sua proteção. "O Pequeno Príncipe", da editora Agir, é ótimo livro para todas as idades, principalmente para adultos, porque nos lembra de ensinamentos de infância e ensina a enxergarmos o mundo com a mesma visão das crianças. "Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos".

Livros
Comentários fechados