A Batalha do Apocalipse – livro de Eduardo Spohr



Autor: Eduardo Spohr
Editora: Verus
Compre no Submarino

A Batalha do Apocalipse“A Batalha do Apocalipse”, de Eduardo Spohr e publicado pela editora Verus é uma fantástica história sobre a guerra celestial que pode culminar no fim da raça humana tendo como pivô central Ablon, um anjo que vive no meio dos homens como castigo por ter se levantado contra Miguel, o príncipe dos Anjos, que sedento de poder desejava a nossa destruição por nos considerar inferiores e maus.

Parece estranho imaginar, mas no livro, o arcanjo Miguel é o tirano da vez! Inclusive foi dele a ordem do dilúvio e da destruição das cidades de Sodoma e Gomorra, por julgar que os humanos já estavam em um estágio irreversível de crueldade. E onde está Deus? O livro conta também que o tempo celestial é diferente do terreno e apresenta Deus descansando da criação, ou seja, que ainda estamos vivendo o sétimo dia e inclusive são os anjos que falam com os homens se passando pelo Criador. Provavelmente o autor usou essa explicação baseado em estudos de cientistas que acreditam em um ser divino e mostram as evoluções do planeta com os fatos bíblicos, dizendo que cada um dos seis dias durou milhares de anos.

A narração do livro é uma coisa que nos chama a atenção: é regada com vários flashbacks para explicar  porque aconteceu diversos fatos históricos (alguns chegam a confundir de tão longos). No começo, essas narrativas são em terceira pessoa, mas em um desses momentos, uma surpresa: a história começa a ser contada em primeira pessoa (o anjo Ablon).

Quanto ao personagem central, o “anjo renegado” presencia de perto a evolução da humanidade, desde a antiga Babilônia, a queda da Torre de Babel e de Constantinopla, passando pela Roma antiga e castelos da Inglaterra medieval até chegar aos dias de hoje. É dele a visão que temos no livro sobre os maiores fatos da história dos mortais. Claro que como todo romance recheado de guerras, não poderia deixar de ter os vilões e no livro de Eduardo Spohr, eles vem aos montes: além de Miguel, conhecemos Apollyon, o anjo negro e principal inimigo do nosso herói, Lúcifer e outros menores que aparecem e desaparecem em determinado ponto histórico.

Vale muito a pena conhecer essa publicação da editora Verus e, entender porque o escritor e jornalista José Louzeiro disse sobre o livro: “Não há na literatura em língua portuguesa conhecida nada que se pareça com A Batalha do Apocalipse”.

 

Livros

2 comentários para “A Batalha do Apocalipse – livro de Eduardo Spohr”

  1. mayara says:

    a gente a bela ves varios fiues

  2. ilma says:

    bastante ousado o autor, confesso que em determinado momento o livro deixa de ser fantasia e passa a ser realidade.
    Usou e abusou parabéns… recomendo é um ótimo livro literário