Explicando Deus Numa Corrida de Táxi – livro de Paul Arden



Autor: Paul Arden
Editora: Intrínseca
Compre no Submarino Livro Explicando Deus numa Corrida de Táxi - Paul ArdenExplicando Deus Numa Corrida de Táxi é o segundo livro de Paul Arden publicado no Brasil. Sucesso mundial de vendas, este é um livro simples e direto sobre espiritualidade, deixando o foco na religião um pouco de lado para se concentrar em falar sobre Deus. A primeira publicação de Paul Arden em português foi "Tudo o que Você Pensa, Pense ao Contrário". O terceiro livro do autor se chama "It's Not How Good You Are, I'ts How Good You Wanna Be" ("Não É Quão Bom Você É, É Quão Bom Deseja Ser") e ainda não tem tradução para o português. A capa de Explicando Deus Numa Corrida de Táxi abre afirmando: "Desde o surgimento da humanidade, mas pensamento foi investido na compreensão de Deus do que em qualquer outro assunto neste planeta - e ninguém ainda descobriu nada. No percurso de uma corrida de táxi, este livro esclarece tudo de uma vez por todas." A proposta é imensamente pretensiosa, o que claramente só poderia ser feito por um publicitário do porte de Paul Arden, lenda da publicidade inglesa e ex-Diretor da agência Saatchi & Saatchi. A maior pergunta sem resposta da humanidade talvez seja: "Qual o sentido da vida?". A resposta comumente envolve a existência ou não de um Deus e uma possível vida pós-morte, e é nesse debate que Arden se concentra. Neste livro curto e direto, Arden solta pequenas reflexões, provocações e pérolas que levam à reflexão, não necessariamente a uma conclusão. É um livro para pessoas com senso crítico e vontade de pensar sobre aquilo que realmente acreditam, ouvindo pontos de vista eventualmente contrários aos seus. Não se trata de um ataque a qualquer religião, mas simplesmente uma constatação de que a fé cega pode não ser o único caminho para acreditar num Deus e construir uma fé autêntica em que se acredite por convicção, não por convencimento ou pressão alheia. Arden fala sobre princípios católicos, sobre o induísmo, o islamismo e o budismo, as religiões mais populares do mundo, e fala também sobre as guerras religiosas, que o levam a concluir que quem faz guerra em nome de Deus, não acredita em nenhum Deus de fato. Fala também sobre o consumismo, uma nova religião que tomou conta do mundo, substituindo o tempo antes dedicado à religião pelo consumo, o que mudou um pouco o papel da religão no mundo. Sem gastar centenas de páginas, sem as muitas palavras, os sermões, as exigências e as promessas que os credos tradicionais apregoam, Arden examina a relação do homem com o divino de maneira objetiva, inteligente e muito rápida, no que seria o percurso de uma corrida de táxi.

Veja alguns comentários sobre o autor do livro:

Roger Kennedy, Saatchi & Saatchi

“Brilhante, implacável, charmoso, irascível e completamente excêntrico, Paul Arden é um ser original com garra e energia extraordinárias, abençoado com um gênio criativo aliado a um senso comum que, bem, não é nada comum.”

David Hillyard

"Eu tive o grande prazer/pavor de trabalhar para Paul na agência de propaganda Saatchi & Saatchi por seis anos. Ele era inspirador. Ele era apavorante. Ele era inflexível. Ele era apaixonado. Ele era o pesadelo dos caras da contabilidade. Ele era o sonho dos caras da área de criação. Ele era um pé no saco. Ele era um grande mestre. Ele era brilhante. Mas, acima de tudo, ele era um bom parceiro. O mundo se tornou um lugar mais chato sem o Paul."

 
Livros
Sem comentários para “Explicando Deus Numa Corrida de Táxi – livro de Paul Arden”

Deixe um comentário