Livros Para Vestibular: Til – livro de José de Alencar



Autor: José de Alencar
Editora: Martin Claret
Compre no Submarino

Til | Livro Para VestibularPublicada pela primeira vez em 1872, “Til” é um livro do escritor brasileiro José de Alencar e também uma obra pertencente a vertente regionalista da literatura brasileira, pois relata a vida no interior do país com passagens idealistas, naturalistas e subjetivistas que também se encaixam na vertente romântica, apesar da maioria das obras regionalistas ressaltarem o realismo.

Resumo do livro Til

Na trama de “Til”, que se passa no interior paulista no anos de 1846, temos Berta, uma menina-moça bonita, esbelta, esperta e doce, ela é a filha bastarda de uma já falecida mulher que vivia na vila, Besita, e do coronel Luís Galvão, porém não sabe desse fato e vive alegremente com a viúva Nhá Tudinha e o filho dela Miguel, que é apaixonado por Berta, mas que ela vê como um irmão. Além de Miguel, outro rapaz também é interessado na garota, o rico Afonso, que é filho legitimo de Luis Galvão com D. Ermelinda, e também é irmão gêmeo de melhor amiga de Berta, Linda, que é apaixonada por Miguel. Além dos filhos, Luís Galvão e sua esposa também tomam conta de Brás, sobrinho deles que perdeu os pais e sofre de problemas mentais, fato que fez com que o menino apanhasse muito de seus professores e fosse acudido por Berta, que lhe ensinou o ABC e algumas rezas, mas quando Berta lhe mostra o acento til, o garoto se encanta pelo mesmo e associa-o com Berta, a quem passa a chamar de Til.

Um dia Berta estava indo até a fazenda de Palmas junto a Miguel para visitar os gêmeos, porém, no meio cainho topam com Jão Fera, um jagunço que alguns chamam de Bugre que é o matador mais temido da região, e que secretamente cuida de Berta e tem por ela muito carinho. Ao encontrarem-se, Miguel aponta uma arma para Jão Fera, mas por mando de uma furiosa Berta, abaixa-a e ambos vão embora, sem suspeitar que o Bugre estava indo também até a fazenda, mas para falar com um homem chamado Barroso que lhe pagara 50 mil réis para armar uma enrascada para uma pessoa, que só naquele momento revelou ser Luís Galvão, e o matador não tem outra escolha a não ser fazer-lo já que havia gatado todo o dinheiro que lhe fora pago. Durante isso, na fazenda a D. Emerlinda estava muito preocupada com a viajem que o marido iria fazer até Campinas naquela noite, pois sentia que algo muito ruim iria acontecer e Berta fica sabendo disso, indo até Jão Fera para impedi-lo de matar Luís Galvão, o homem aceita, mas fica em débito com Barroso e faz um acordo com seus inimigos e se entrega.

Ao saber que Jão Fera se entregou, Berta vai socorre-lo, mas é perseguida por um bando de porcos selvagens, e é salva pelo mesmo, que lhe explica como escapou de seus captores e acertou sua divida com Barroso, e então, após a festa de São João, em que Berta abdica de seu amor por Miguel para que Linda fique com ele, Jão Fera alerta D. Ermelinda sobre Afonso, que paquerava descaradamente Berta, e de um possível incesto caso os dois ficassem juntos, e a intrigada mulher pergunta ao marido e exige explicações, ele então lhe diz que Berta é sua filha e que desonrou sua mãe, Besita, ao passar-se por seu marido na noite de núpcias quando eram jovens, que resultou na filha bastarda. Chocada, D. Ermelinda pede a Berta, que já sabia da história por meio de Jão Fera, que era amigo de Luís Galvão na época e amava Besita como uma santa, para morar com eles, mas a garota abre mão da oferta e pede em troca que o casal mande Miguel para estudar na capital para que ele possa casar-se com Linda, ela então reconhece Jão Fera como seu verdadeiro pai e continua morando no vilarejo com ele e outros que necessitam de sua ajuda.

Livros, Livros para Vestibular

2 comentários para “Livros Para Vestibular: Til – livro de José de Alencar”

  1. Mariana says:

    O resumo parece melhor do que o livro!!! Mas vou ter q ler o livro denovo para um trabalho!!!

  2. Fernanda Barbosa says:

    Muito melhor o resumo, o livro é complexo demais e não dá para entender alguns acontecimentos.

Deixe um comentário