DC Comics



Autor:
Editora:
Compre no Submarino

Dc-logo

Uma das maiores editoras especializadas em histórias em quadrinhos e similares, a DC Comics começou com duas revistas que visavam trabalhar com histórias em um formato diferente do encontrado nos jornais, que era a ideia de quadrinhos da época. Hoje, a editora é uma das mais diversificadas do ramo, englobando vários estilos e formatos diferentes e distribuindo suas histórias pelo mundo.

O Começo

Criada em 1934 por Malcolm Wheeler-Nicholson com o nome de  National Allied Publication, o ideal da editora era fazer a primeira linha de revistas em quadrinhos com mais quadrinhos originais do que coletanias de tiras de jornais. Com essa expectativa foi criada a revista “New Fun” já no ano seguinte. Depois vieram a “New Comics” e a famosa “Detective Comics” em 1937, está última foi onde houve a primeira aparição daquele que seria um dos maiores simbolos da editora, Batman.

New Fun

 Ainda em 1937, Wheeler-Nicholson aceitou Harry Donenfeld como sócio, formando a Detective Comics Inc., mas pouco tempo depois se afasta e sai da sociedade. No mesmo ano a National Allied Publication lança o título “Action Comics”, que trouxe a estréia do Superman, outro personagem simbolo da futura editora. Em 1944 as empresas National Allied Publication e Detective Comics Inc. fundem-se e formam a National Comics.

A Era de Ouro (1935 – 1956)

Detetive Comics | DC Comics

Com as vendas das revistas “Detective Comics”, “Action Comics” e “New Fun” disparadas, por serem algo novo no mercado da época, a editora luta com garras e dentes para que seus personagens mais populares, que se resumiam a toda Sociedade da Justiça da América, não sejam copiados, entrando muitas vezes em batalhas judiciais contra editoras menores. Nesse caso, podemos salientar os processos contra a Fox Comics pelo uso do Wonderman (que seria uma cópia do Superman), contra a Fawcett Comics pelo personagem SHAZAM/ Capitão Marvel, que prolongou-se até 1955 quando a Fawcett desiste de publicar e cede seus personagens para a National Comics.

A Era de Prata (1956 – 1970)

Secret Origins | DC Comics

Durante o fim dos anos 50 e toda a decada de 60, a agora conhecida DC Comics (que já havia adotado a sigla em vez do nome National Comics) passa por uma reformulação dos personagens principais, dando novas identidades, uniformes e origens para heróis como Lanterna Verde e Flash, já Superman, Batman e Mulher-Maravilha ganham ajudantes e famílias e também um ar mais moderno. Durante esse periodo também começa a entrada de várias caras novas dentro da editora, como Dennis O'Neil, Joe Kubert, Neal Adams, Dick Giordano e, em 1969, um dos antigos cabeças da Marvel Comics (maior rival da DC), o editor e desenhista Jack Kirby.

A Era de Bronze (1970 – 1985)

Quando o editor Carmine Infantino sai, a conhecida editora infantil, Jannete Kahn assume o cargo e assim começa uma tentativa de reavitalização da editora, que oficialmente muda seu nome e logo para DC Comics. Enquanto Kahn assume como editora, vários titulos são lançados com o objetivo de competir com a Marvel Comics, que nesse ponto já havia se tornado uma grande e conhecida editora. Após esses títulos não resultarem em lucro, são abruptamente cortados, no episódio conhecido como DC Implosion.

New Teen Titans

Aderindo também a introdução de mini-séries em suas publicações, o que lhe garantia a possibilidade de tornar as sequências de suas histórias mais maleáveis e não-lineares, a DC se permite criar narrativas que revelam as origens de personagens novos, principalmente os recém-surgidos nas publicações mais recentes, como "Os Novos Titãs" (parceria do autor Marv Wolfman e do artista Georfe Pérez) e do fantasioso “Monstro do Pântano” (original de Len Wein, que passa por uma reformulação e vai para as mãos de Alan Moore).

Outros artistas que tornariam-se famosos entram para a editora, entre eles Frank Miller, Jim Lee e Grant Morrison. Em 1985, ao buscar um meio de poder reformular todo o Universo DC, a editora publica a “Crise das Infinitas Terras”, que quebra quase 50 anos de continuidade e reformula praticamente todos os personagens do selo.

Década de 90 e a Invasão Britânica (1989 – 2000)

Sandman | DC Comics

Durante toda a década de 90, a editora voltou-se à publicação de quadrinhos alternativos, com focos mais adultos e abordando generos como fantasia e horror. Em 1993 é criado o selo Vertigo, que fica famoso pelos titulos “Sandman”, “Hellblazer” e “Monstro do Pântano”. Minisséries mais adultas como “Watchmen” de Alan Moore e “Cavaleiro das Trevas” de Frank Miller também fazem sucesso, principalmente por serem publicados em volumes únicos encadernados e também há uma ampla exploração dos Graphic Novels.

Anos 2000 (2000 – atualmente)

Passando por diversas outras reformulações denominadas “crises”, a DC Comics já mudou vários personagens, por diversas vezes e, até os dias de hoje e não é raro ver encontros entre personagens de diferentes sub-selos em edições especiais. A editora também começou a investir em outros tipos de quadrinhos, como mangás, webcomics, graphic novels e edições alternativas.

DC Comics 2012

DC Comics | Ciborg, Flash, Aquaman, Batman, Superman, Mulher Maravilha (Wonder Woman) e Lanterna Verde

DC Comics | Batman, Superman e Mulher Maravilha (Wonder Woman)

Editoras

Um comentário para “DC Comics”

Deixe um comentário